Padrão da Raça Whippet

O Padrão é um documento oficial  sobre cada raça e que deve ser regularmente consultado por criadores, expositores, árbitros e cinófilos em geral. Nele está descrito minuciosamente como deve ser uma raça em específico.

Padrão Oficial da Raça WHIPPET

GRUPO 10 – (Lebréis/ Galgos)

Padrão FCI No 162

Última revisão: 18/10/2019

PAÍS DE ORIGEM: Grã-Bretanha

UTILIZAÇÃO: Raça originariamente utilizada para caça, um ou outro pelo faro ou pela visão.

APARÊNCIA GERAL: Equilibrada combinação de poder muscular e força com elegância e linhas graciosas.  Construído para velocidade e trabalho. Qualquer forma de exagero deve ser evitada.

COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: Um companheiro ideal. Altamente adaptável a ambientes domésticos ou esportivos. Gentil, afetuoso; disposição equilibrada.

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA

Crânio: Longo e seco, plano no topo, afinando para o focinho, bastante largo entre os olhos.

Stop: Leve.

REGIÃO FACIAL

Trufa: Trufa preta; nos exemplares azuis uma cor azulada é permitida; trufa cor de fígado naqueles de pelagem creme e com outras cores diluídas; nos brancos ou particolor uma trufa com áreas despigmentadas (em asa de borboleta) épermitida.

Maxilares / Dentes: Maxilares fortes, poderosos, de contornos bem definidos, com uma perfeita mordedura em tesoura, isto é, os dentes (incisivos) superiores se fecham ajustados aos dentes (incisivos) inferiores e estão ortogonalmente inseridos nos maxilares.

Olhos: Ovais, brilhantes; expressão muito alerta.

Orelhas: Em forma de rosa, pequenas, de textura fina.

PESCOÇO: Longo, musculoso, elegantemente arqueado.

TRONCO

Linha superior: Mostrando um gracioso arco sobre o lombo, porém, o cão não mostra um dorso corcunda.

Dorso: Largo, bem musculoso, firme, um tanto longo.

Lombo: Dando impressão de força e poder.

Peito: Muito profundo, com bastante lugar para o coração; caixa torácica profunda, bem definida. Costelas bem arqueadas, musculosas no dorso.

Linha inferior e ventre: Com definida retração.

CAUDA: Sem franjas. Longa, afilada e, quando em ação, portada em uma delicada curva para cima, mas sem ultrapassar a linha do dorso.

MEMBROS

ANTERIORES

Aparência geral: Antebraços retos e aprumados, com osso moderadamente afilado, frente não muito larga.

Ombros: Bem oblíquos, com músculos planos. Moderado espaço entre as escápulas na cernelha.

Antebraços: Aproximadamente do mesmo comprimento que as escápulas.

Cotovelos: Caem diretamente abaixo da cernelha quando vistos de perfil.

Metacarpos: Fortes com ligeira elasticidade.

Patas anteriores: Ovais, bem divididas entre os dedos, articulações bem arqueadas, almofadas grossas, unhas fortes.

POSTERIORES

Aparência geral: Fortes. Cão capaz de cobrir naturalmente grandes extensões de terreno.

Coxas: Largas.

Joelhos: Bem angulados, sem exagero.

Pernas: Bem desenvolvidas.

Jarretes: Bem descidos.

Patas posteriores: Ovais, bem divididas entre os dedos, articulações bem arqueadas, almofadas grossas, unhas fortes.

MOVIMENTAÇÃO: Deve possuir grande liberdade de ação. De perfil, deve mover-se com passadas largas e fáceis, mantendo a linha superior. Os membros anteriores devem alcançar boas distâncias à frente, mantendo-se baixos e rentes ao solo; os posteriores devem vir situados bem abaixo do corpo dando grande poder propulsor. O movimento, em geral, não deve parecer afetado, com passadas altas, curtas ou picadas. Movimento correto de ida e volta.

PELAGEM

Pelo: Fino, curto, cerrado em textura.

COR: Qualquer cor ou mistura de cores, exceto merle.

TAMANHO

Altura desejada na cernelha:

Machos: 47 a 51cm.

Fêmeas: 44 a 47cm.

FALTAS: Qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão.

FALTAS DESQUALIFICANTES

• Agressividade ou timidez excessiva.

• Todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento.

NOTAS:

• Os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos e acomodados na bolsa escrotal.

• Somente os cães clinicamente e funcionalmente saudáveis e com conformação típica da raça deveriam ser usados para a reprodução.

Nossas produções de

filhotes

Disponível

Macho Fita Azul

Nascido em: 08/06/2024

36 dias de vida

PAIS:

Disponível

Macho Fita Verde

Nascido em: 08/06/2024

36 dias de vida

PAIS:

Disponível

Fêmea Fita Lilás

Nascido em: 08/06/2024

36 dias de vida

PAIS:

Disponível

Fêmea Fita Vermelha

Nascido em: 08/06/2024

36 dias de vida

PAIS:

Olá, ficou com alguma dúvida ou precisa de ajuda? Sou Lucas, criador responsável
Clique aqui para falar comigo!